sábado, 15 de julho de 2017

Por treze razões - Resumo e Opinião

AYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!

EU ESTOU VIVA!!

Isso mesmo, para todos vocês que pensaram que eu estava morta, eu não estava.
Graças aos Deuses.
Eu não estava.

Portanto, antes de eu ir ver o derradeiro filme "Moana" pela terceira vez em menos de um mês, vou escrever a minha opinião sobre um livro diferente.

Este livro é bem mais... Maduro.


Este livro é de Jay Asher, e é uma leitura bem boa.

Para não pensarem que sou maluca:
A primeira vez que vi o filme Moana, foi com a minha mãe. Vimos num site e ela chamava-se mesmo Moana. O filme estava em inglês.

Dias depois obrigamos os homens da casa a ver o filme.
No TVCine 1. Em inglês.
E o raio da moça chamava-se "Vaiana".

E eu não entendo, ela para mim será sempre Moana.

Agora hei de ver o filme com o meu pai, a sua namorada, e a chata da minha irmã.


Como eu estava a dizer...

Este livro foi um livro um pouco mais maduro para mim, não é o habitual "Happily Ever After", mas foi bem interessante e eu gostei bastante.

Resumo

O livro começa quando Clay Jensen recebe à porta da sua casa, um pequeno embrulho, uma caixa de sapatos.
Depois de desembrulhar tudo, Clay encontra 7 cassetes, cada uma com um número de cada lado.
Quando se põe a ouvi-las, Clay descobre que quem fala, é Hannah Baker, a sua paixoneta na escola, parceira de trabalho, e a rapariga que se suicidou semanas atrás.
A voz de Hannah conta que cada uma das pessoas que recebeu as cassetes, tem a ver com a sua morte, mas Clay não quer acreditar.
Ele sempre esteve ali, a querer ajudá-la, não poderia ser um daqueles motivos.
Só que, ele recebeu as cassetes.
Será que ele fez alguma coisa?
Que não fez?
Durante a noite em que Clay ouve estas cassetes, muitos segredos são revelados, e Clay aprende umas quantas lições, como, nem tudo é o que parece ser, que não se pode acreditar em todos os boatos que se ouvem e que muitas pessoas escondem cicatrizes por trás de sorrisos.
Para saber o que realmente se passou na vida de Hannah Baker, a única coisa que Clay Jensen pode fazer, é ouvir, uma por uma, as cassetes.

(bem, estou bem orgulhosa deste resumo) 

Opinião

Eu gostei bastante deste livro.
A sério, foi um dos melhores livros que eu alguma vez li.
Foi diferente, foi viciante, e foi novo.
O motivo porque eu gostei tanto, acho que foi o facto de o Clay estar tão confuso como eu.
Se ele era amigo de Hannah, porque ela o incluiria nas cassetes?
Ele queria realmente saber o que aconteceu, ele estava desejoso de saber a próxima pessoa que viria nas cassetes.
Foi bem viciante, eu li o livro em bem poucos dias, e por momentos era só nesse livro que pensava.






Como podem ver, livros e cereais são uma combinação bem boa!!
O livro é bom, eu recomendo bastante.
Não consigo descrever o quanto eu gostei, como foi um livro diferente dos outros, a minha reação foi diferente.
Mas eu gostei bastante, eu quis sempre saber quem era a pessoa a seguir, e quando cheguei ao final, eu fiquei bem satisfeita!!
Também existe a série no Netflix, mas eu não vi os últimos 3 episódios, comecei logo a ler o livro =P

Não tenho mais nada a acrescentar na opinião =)


AVISOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Bem gente, antes de eu terminar este blog, eu quis só dizer aqui uma coisa.

Umas semanas atrás eu fui A LONDREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEESSSSSSSS!!!!

ISSO MESMO MINHAS ADORÁVEIS CRIATURASSSSSS!!!!

FOI SÓ - A MELHOR PRENDA DE ANOS DO MUNDOOOOOOOOO!!!!

MaS PaRA NÃo aRrUInAr eSTa SurPrEsa, isso vai ficar para um outro blog!
Irei escrever uma primeira parte esta semana, pois há muito que contar!!
Sim mãe. Nós andámos. Nós andámos.

E por hoje é tudo!!
Eu espero que tenham gostado, e espero que leiam este livro pois é mesmo muito bom, recomendo-o 100%!!

Adiós!!

                                                                                                                                            Inês 

Sem comentários:

Enviar um comentário